Portal da Prefeitura de Campo Largo.

Prefeitura fiscaliza problema de mau cheiro na região da Lagoa

Sanepar já implantou rede coletora de esgoto nas proximidades do local para sanar problema

Publicada em: 11/08/2017 às 16:21

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, averiguou e esclarece o mau cheiro ao entorno da região da Lagoa, provocado pela atual estiagem.

 

A equipe da Divisão de Fiscalização explica que devido às condições climáticas, à seca prolongada, a vazão de entrada de água da Lagoa diminui. Há também um grande problema em virtude de descartes clandestinos de efluentes domiciliares nas redes de águas pluviais que são direcionados para o corpo hídrico. Este fato faz com que bactérias decomponham a matéria orgânica (presente no esgoto) e liberem gás metano, causando o mau odor.

 

Para sanar o conflito, a Sanepar já implantou uma rede coletora de esgoto nas proximidades da Lagoa para que as ligações clandestinas nas galerias pluviais se reduzam a zero, solucionando assim os problemas relacionados ao mau cheiro. A equipe, agora, notifica os moradores para que os mesmos possam realizar as interligações na rede pluvial.

 

O mesmo Setor de Fiscalização também faz visitas constantes para averiguar o lixo e detritos jogados pelos moradores na localidade. A população pode contribuir denunciando ligações clandestinas e poluição residencial e industrial no Setor de Saneamento da Vigilância Sanitária, localizado na sede administrativa da Prefeitura – na Avenida Padre Natal Pigatto, 925, Bloco 5, ou ainda pelo telefone (41) 3291-5116.

 

Notícias na mesma categoria

Cadastro para unidades habitacionais da Cohapar é encerrado
Crianças espalharam gentileza para os vizinhos
Utilidade pública: Cocel informa sobre desligamentos programados
Prefeitura fiscaliza problema de mau cheiro na região da Lagoa
Projeto da Cocel é aprovado e Campo Largo terá led na iluminação pública e rede fibra ótica