Portal da Prefeitura de Campo Largo.

Austeridade para chegar ao final do ano com as contas em dia

Confira!

Publicada em: 12/09/2017 às 14:45

Nenhum centavo além das despesas estritamente necessárias para que a Administração Municipal funcione sem prejuízos para a população, economia em todos os setores. Esse foi um dos pedidos feitos pelo prefeito Marcelo Puppi, aos seus secretários e demais auxiliares diretos, na reunião desta terça-feira (12), no gabinete do Governo Municipal. “Temos, nos próximos três meses, que pagar R$ 60 milhões em salários dos servidores públicos, e isso inclui todos os atrasados”, disse o prefeito.

 

Marcelo lembrou que o País atravessa a sua mais profunda crise econômica e política, e que muitos municípios não vão conseguir pagar os salários dos seus servidores. “Campo Largo vai pagar tudo, inclusive os atrasados de outras gestões, sem prejuízos à Saúde e à Educação. Fomos felizes no contingenciamento feito no início do ano, mas é preciso continuar economizando”, explicou ele, destacando a importância de todos cumprirem as metas, e enaltecendo o comprometimento de cada um com a Administração Municipal e com o cidadão campo-larguense.

 

 

Economia

O prefeito elogiou o trabalho de todos os que estiveram direta e indiretamente envolvidos na organização da parada de Sete de Setembro, em comemoração à Independência do Brasil. “Foi a maior festa cívica da História de Campo Largo, e isso nos orgulha muito. Administrar é liderar, é falar a linguagem do povo, e quero que cada um de nós nos mantenhamos assim, no foco”, disse ele.

 

Sobre as obras que a Prefeitura Municipal está realizando e ações como o kit de uniformes entregues a todas as crianças matriculadas na Rede Municipal de Ensino, Marcelo adiantou que não é possível agradar a todos, que sempre vai haver alguém insatisfeito, mas destacou a importância da economia com a qual toda a sua Administração está empenhada. “Não só nós – disse ele - mas também os vereadores, a Câmara Municipal, que vai devolver, no final do ano, recursos importantes que foram economizados naquele Poder e que são muito importantes para que o Executivo possa continuar investindo em obras, em melhorias para toda a população”.

 

O prefeito destacou, ainda as negociações que Campo Largo está desenvolvendo junto à Sanepar, para garantir retorno para o Município, dessa importante concessão de serviço público. Disse que Campo Largo está pedindo à Sanepar, contrapartidas importantes, como o Parque Passaúna e a criação de um Fundo Municipal, que vai gerir algo em torno de R$ 1,8 milhão por ano, em benefícios para a cidade.

 

Foto Legenda – Reunião semanal na qual o prefeito Marcelo Puppi cobrou austeridade e foco à sua equipe

Notícias na mesma categoria

Inaugurada em Campo Largo a Fábrica da Grifols do Brasil
Tiro de Guerra comemora Dia da Bandeira com entrega de kit cívico
Sábado no Centro da Juventude foi “Dia de Oração e ação pela Criança”
Atividades celebram a Semana Nacional da Consciência Negra
Criança é tema de ação de ONGS no Centro da Juventude