Portal da Prefeitura de Campo Largo.

Campo Largo recebe 11ª Primavera dos Museus de 18 à 24 de setembro

Esse ano, o evento conta com o tema “Museus e suas Memórias”.

Publicada em: 20/09/2017 às 14:20

O Museu Histórico de Campo Largo, localizado na Praça Getúlio Vargas 2422, no Centro da cidade, realizou, na noite de segunda-feira (18) a abertura da 11ª Primavera dos Museus. A temporada cultural coordenada pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) segue até o dia 24 de setembro. A ação visa incentivar a visitação e valorização dos museus em todo o Brasil.

 

 

abertura oficial da Semana, promovida pela Secretaria Adjunta da Cultura, contou com a presença do vice-prefeito Maurício Rivabem, da secretária adjunta da Cultura Lindamir Ivanoski, do secretario de Governo, Jean Torres, dos alunos e educadores do Colégio Kennedy e do diretor do estabelecimento de Ensino, Ricardo Carvalho. 

 

 

Na mesma noite, a Sala do Expedicionário, importante sessão do Museu Municipal, foi reinaugurada com festa. Após passar por reformas, o espaço fica aberto ao público com a exposição “Saudações de Coragem”.  

 

 

Segundo a Secretaria Adjunta da Cultura um dos objetivos do evento é a promoção e valorização das instituições, afim de que possam “olhar para dentro” e refletir, junto com seus públicos, sobre suas construções para a memória local, entendendo que “Museu é Vida” e que nele pode-se conhecer e encontrar vidas cheias de coragem e heroísmo. 

 

 

 

Exposição virtual 

 

Uma exposição virtual de fotos, nas redes sociais, vai mostrar toda essa trajetória de 106 anos, desde 1911 a 2017. O trabalho tem parceria dos estudantes do Colégio Cenecista Presidente Kennedy. 

 

 

 

 

Sala dos Expedicionários 

 

A exposição FEB e Campo Largo, 72 anos de “Saudações de Coragem”, será outro atrativo do Museu, a partir desta data.Fica à disposição do público a história dos 65 pracinhas campo-larguenses que combateram na 2ª Guerra Mundial.  

 

 

 

Através de documentos, fotos e lembranças são lembrados, em especial, três deles: Constantino Marochi, José Domingues Pereira e João Floriano Zanetti – os pracinhas campo-larguenses que perderam a vida lutando em nome do seu país.  

 

 

 

Pracinhas - Os pracinhas, apesar da bravura, não estavam preparados para o que viria pela frente. A maioria dos cidadãos duvidava da participação brasileira no conflito, daí o dito popular: “Seria mais fácil uma cobra fumar do que a FEB embarcar”. Tanto que o símbolo da FEB era uma cobra fumando. 

 

 

 

 

‘Nova Guarda’ garimpa o passado do acervo municipal  

 

O trabalho voluntário realizado no Museu Histórico de Campo Largo, por uma iniciativa do Colégio Cenecista Presidente Kennedy e com o apoio da Secretaria Adjunta da Cultura fez com que todo o acervo existente no Museu Histórico de Campo Largo fosse atualizado. 

 

 

 

Seus professores, Marilis, Vinícius, Vera, o Diretor Ricardo e seus alunos desenvolveram um projeto de revitalização do acervo na intenção de reorganizá-lo ao público, efetivando uma interação entre referências do passado, com o objetivo de contribuir com o futuro e a exploração do potencial educativo dos museus. 

 

 

 

 

 

 

Museu Histórico de Campo Largo

 



Horário de funcionamento: de terça a sexta-feira: 9h às 18h

Sábados: 9h às 15h

Endereço: Praça Getúlio Vargas, 2422 - Centro - Campo Largo

Informações: (41) 3392-4501

Notícias na mesma categoria

Mostra de Artes reúne trabalhos feitos pelos alunos do artista plástico Toto Lopes
Inscrições do processo seletivo para os cursos do IFPR são homologadas
Campo Largo é representado em Congresso na Colômbia
Vestibular de Pedagogia e Letras da UEPG/UAB acontece domingo (22)
Vestibular de Pedagogia e Letras da UEPG/UAB acontece domingo (22)