Portal da Prefeitura de Campo Largo.

Conferência Municipal de Cultura discute propostas para o Plano Municipal de cultura

Confira!

Publicada em: 09/10/2017 às 16:31

Realizada no último sábado (07), pela Secretaria Adjunta da Cultura, a 5ª Conferência Municipal de Cultura de Campo Largo, com o tema “Plano Municipal de Cultura", debateu as propostas para a elaboração do Plano Municipal de Cultura, que serão, agora, analisadas pelo Conselho Municipal da Cultura para serem encaminhadas ao Poder Executivo, como sugestão para a elaboração de leis para fomentar a Cultura no Município.

 

Na Conferência, os participantes discutiram e debateram as propostas de políticas públicas de Cultura: desafios, diretrizes, prioridades, metas e ações para o Plano Municipal de Cultura de Campo Largo para os próximos 10 anos (2017-2027). Participaram da Conferência, membros do Conselho Municipal de Política Cultural de Campo Largo, Sociedade Civil, representantes do Poder Público Municipal e Estadual e da fundação Cultural de Curitiba.

 

 

O evento

A Secretária Adjunta da Cultura, Lindamir Ivanoski, apresentou as razões da Conferência, que contou com a colaboração da sociedade civil e do poder público. Pontuou a necessidade do debate e do diálogo na redação do Plano Municipal de Cultura e da realização das metas e sobre as dificuldades encontradas na realização das ações traçadas no plano de políticas públicas. Falou da organicidade do Plano Municipal, vivo, documento ímpar na vida cultural e institucional do município.

 

 

 

O prefeito Marcelo Puppi fez um resumo histórico do local onde a conferência foi realizada, onde funcionou o Tribunal do Juri, falou da sua administração e do momento quer o Município atravessa. Destacou os progressos em vários setores, e destacou a Cocel, cujo Plano de Recuperação, aprovado pela Aneel, está permitindo economia de milhões, para o Município. Disse isso para lembrar que a Cocel é responsável pelo incentivo e apoio de mais de 70 eventos culturais no Município, e que do Orçamento para Cultura, de cerca de R$ 1,7 milhão, sobra pouco mais de R$5 mil, para investimento.

 

 

Em outro momento do seu discurso, o prefeito lembrou que é preciso privilegiar a Cultura, porque se não o fizermos, não iremos a lugar nenhum. Disse, ainda, que deveremos viver numa cidade cultural, e lembrou que “nós passamos, mas a Cultura fica”.

 

 

Além do prefeito Marcelo Puppi, estiveram presentes: Benedito Izidoro Diniz, da Secretaria de Estado de Cultura; Elton Luiz Barz, da Fundação Cultural de Curitiba; Pedro Gonçalves, presidente do Fórum de Cultura de Curitiba e Região Metropolitana; Joel Batista, presidente do Conselho Municipal de Política Cultural; Jean Torres, Secretário de Comunicação, Cultura e Relações Institucionais; Emerson Marchiori, representante do Vereador Clairton Alemão, Elisabete Gomes Damaceno, vereadora e Lindamir Ivanoski, Secretária Adjunta da Cultura.

 

 

Notícias na mesma categoria

Alunos da Rede Municipal de Ensino têm aulas sobre Educação Empreendedora
Relatório Anual de Monitoramento do Plano Municipal de Educação é entregue à Secretária Municipal de Educação e Esporte
Alunos da Escola Municipal Sete de Setembro são destaque na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica
Alunos da Rede Municipal e Estadual de ensino de Campo Largo assistem peça de teatro sobre inclusão, diversidade e cidadania
Jogos Paradesportivos são realizados com muita dedicação e emoção pelos alunos do Município