Portal da Prefeitura de Campo Largo.

Guarda Mirim chama jovens para cadastro e inscrição

Candidatos devem ter entre 14 e 16 anos

Publicada em: 09/03/2018 às 16:22

A Guarda Mirim de Campo Largo está sendo reativada e deverá ter Aula Inaugural no próximo dia 12 de abril, com 40 alunos em contraturno escolar, funcionando nesse primeiro momento com apensas uma turma, no período da tarde. Os candidatos devem ter entre 14 e 16 anos, e estarem matriculados na Rede Pública de Ensino. Eles terão aulas de Civismo, Cidadania, Educação Física e Educação Ambiental, e serão preparados para o Mercado de Trabalho e para exercerem a Cidadania Consciente.

O cadastramento e inscrição dos jovens devem ser feitos entre as dias 13 de março a 6 de abril, na base da Guarda Municipal, Inspetoria, na Desembargador Clotário Portugal, ao lado do Terminal Urbano, no horário normal de expediente. Não há restrição para o cadastramento e inscrição, a não ser que o candidato ou candidata esteja na faixa etária de 14 a 16 anos, e seja aluno de escola pública. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3393-3967, com o GM Duarte, responsável pela inscrição dos adolescentes.

Rodrigo Ferreira de Oliveira, o Guarda Municipal Oliveira, será o instrutor da turma e já prepara a grade curricular dos rapazes e moças com os quais começa a trabalhar em abril. Segundo ele, é importante a participação dos jovens que serão preparados para cultivarem valores morais e éticos, muitos dos quais já se perderam em nossa sociedade. “Vamos trabalhar muito a questão da ética e da cidadania”, disse ele adiantando que esses jovens serão, no futuro, cidadãos conscientes.

A Guarda Mirim vai funcionar no prédio que abrigou a antiga Fundação João XXIII e o Provopar Municipal. As aulas serão ministradas às terças e quintas-feiras, das 14 às 16 horas.

Notícias na mesma categoria

Secretaria Municipal de Ordem Pública convida Major Pinheiro para diálogo com membros do Comitê de Resiliência de Campo Largo
Guarda Municipal recebe importante investimento em equipamentos menos letal
Campo Largo é o primeiro município paranaense a completar a autoavaliação da Resiliência
Campo Largo dá mais um passo para se tornar modelo de cidade resiliente
Comitê de Resiliência realiza reunião com líderes do Executivo