Portal da Prefeitura de Campo Largo.

Prefeitura reúne conselhos da Criança, Tutelar e Guarda Municipal para discutir fiscalização

Governo e autoridades buscam políticas públicas efetivas para defesa e prevenção às crianças e adolescentes

Publicada em: 02/04/2018 às 15:06

A Prefeitura Municipal de Campo Largo, por meio da Secretaria de Governo reuniu, na semana passada, representantes do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Campo Largo, Conselho Tutelar, Guarda Municipal, e Secretaria da Ordem Pública, para discutir ações para o cumprimento de recomendação do Ministério Público do Paraná, no tocante à fiscalização de eventos públicos, em locais fechados, nos quais haja presença de menores.

Durante o encontro os representantes do CT, CMDCA, o comandante da Guarda Municipal e a secretária de Governo, Márcia Parolin discutiram, exaustivamente, as estratégias possíveis para a realização do trabalho conjunto, da GM com os conselhos, e inclusive a participação das demais forças, Polícia Militar e Polícia Civil, em ações como a AIFU, que poderia ser coordenada pelo secretário Samir Moussa, da Ordem Pública.

Ações

Como uma das providências para a proteção dos adolescentes. A secretária de Governo sugeriu uma campanha publicitária para informar à população, a importância dos pais saberem onde os filhos estão, quais os locais que eles podem ou não podem frequentar, além das suas responsabilidades caso algo aconteça com o filho ou o seu envolvimento em algum delito. Também foi disponibilizado o site da Prefeitura, para esta divulgação.

Foi sugerida, também, a identificação dos imóveis e dos cidadãos que promovem esses eventos públicos, com cobrança de ingresso, com venda de pulseirinhas, para que sejam chamados e responsabilizados. A divulgação sobre as consequências negativas para quem promove esse tipo de festa, sem a devida observância da legislação, também foi objeto de discussão.

O subcomandante Arruda, da Guarda Municipal, sugeriu a realização de um POP (Procedimento Operacional Padrão), transformado em cartilha para ser entregue aos pais, nas escolas e outros locais, para que as famílias saibam sobre os perigos de deixar a criança ou adolescente ir a locais como esses.

 

Notícias na mesma categoria

Prefeitura arrecada doações para Campanha contra o frio
CRAS Rivabem realiza ação socioeducativa e preventiva ao Dia Nacional do Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes
Professores são voluntários para ministrar curso preparatório para vestibular e ENEM
"Projeto Dindo" insere crianças e adolescentes acolhidas em instituições, no seio familiar dos campo-larguenses
Campo Largo cria o Fundo Municipal de Políticas de Promoção da Igualdade Racial