Portal da Prefeitura de Campo Largo.

Orientações sobre a Síndrome Mão-Pé-Boca

Conheça a síndrome que acomete crianças e saiba como preveni-la e tratá-la

Publicada em: 06/04/2018 às 15:20

Atualmente, o município apresenta números gradativos de notificações de casos da Síndrome MÃO-PÉ-BOCA. Trata-se de uma virose, altamente contagiosa, causada pelo vírus 'Coxsakie', da família dos enterovírus que normalmente habitam o sistema digestivo, podendo causar estomatites (aftas na boca ou mucosa oral).

Embora possa surgir em adultos, é uma doença bem comum na infância, principalmente em crianças até 5 anos.

 

São sinais característicos da doença:

 

- Febre alta em dias que antecedem o aparecimento das lesões;

- Lesões na região da boca, pé e mão. Ou em apenas 1 ou 2 desses locais. Podem surgir nas nádegas e região genital.

A época chuvosa pode fortalecer o vírus e, com isso, aumentar os casos. Por isso, devemos ter os seguintes cuidados:

- Deixe seu filho em casa, em repouso, enquanto durar a infecção;

- O contágio pode ocorrer por contato direto. Por isso, devemos higienizar brinquedos, móveis e outros objetos utilizados pela criança. Não deixe que crianças compartilhem chupetas, mamadeiras, talheres e copos com outras pessoas.

A transmissão também acontece através de gotículas de tosse ou espirro (de pessoas contaminadas), por secreções das lesões das mãos e dos pés e por via fecal oral. Por essa razão, oriente as crianças a lavar bem as mãos após ir ao banheiro e tenha cuidado ao trocar a fralda do bebê, higienizando bem suas mãos.

O período de incubação da doença oscila entre 1 e 7 dias. Em alguns casos, os sintomas podem ser confundidos por resfriados comuns. Em outros, surgem as lesões no corpo, seguidas de mal-estar, falta de apetite, vômitos e diarreia. As aftas provocam dor, fazendo a criança evitar qualquer tipo de alimentação. É importante insistir na ingesta de líquidos, alimentos pastosos e deixá-la em repouso. Tenha o cuidado de utilizar medicamentos apenas prescritos pelo médico.

Caso apresente alguns dos sintomas citados, procure atendimento médico.

Notícias na mesma categoria

Saúde Municipal realiza ações à campanha "Abril Verde"
Prefeitura ganha um ônibus - Expresso Saúde
Campo Largo adquiriu mais uma ambulância à Saúde Pública
Secretaria Municipal de Saúde lança Campanha "Saúde da Mulher" - Atenção Primária
Cidade sediará a 2ª Conferência Municipal de Políticas Sobre Drogas